SÃO PAULO – CIDADE SEM HORIZONTE

A discussão é sempre boa quando se fala de São Paulo. Por um lado sabemos que é uma das 10 maiores cidades do mundo, você pode ter QUASE tudo qualquer dia da semana e a qualquer hora. Mas ao mesmo tempo não existe um planejamento para o crescimento acelerado que acaba gerando falta de qualidade de vida.

Nossa cidade poderia ser uma das melhores do mundo, mas parece que as coisas são feitas a medida que os jornais e a população gritam. E como nós, brasileiros, somos bastante acomodados a coisa não anda e, quando anda, já está atrasada como é o caso do nosso METRÔ, que tem a fama de ser bom mas ainda engatinha se considerarmos o tamanho e o crescimento da cidade. O Trânsito é caótico, os ônibus são na sua maioria velhos, barulhentos e poluidores, além de fazerem percursos longos e por vias pequenas, ocupando todas as faixas sem punição da CET e assim contribuindo para os congestionamentos em vez de ajudarem.

Para piorar, São Paulo está se tornando uma cidade sem horizontes. Os prédios parecem disputar qual vai subir mais alto, o limite é o céu ou os bolsos dos que aprovam esses projetos…a cidade acaba ficando sem estilo e caustrofóbica. Resultado: estradas lotadas nos finais de semana. Claro que existem prédios modernos e bonitos que enfeitam a cidade mas não é o caso da maioria.
Em vez de restaurarem de vez o centro por exemplo, que tem prédios lindos, tornando-o um pouco mais seguro habitável, destroem bairros que outrora foram residenciais.  

Um dos mais polêmicos assuntos é o velho e lindo HOSPITAL MATARAZZO/UMBERTO PRIMO. Inaugurado parcialmente em 1904, ocupa por volta de 27.000 m2, foi tombado graças ao nosso bom DEUS mas está caindo aos pedaços por falta de iniciativa de se fazer algo que não estrague ou mude suas fachadas. Falou-se no ano passado sobre uma possível compra pela PUC mas não deu certo e ainda bem, pois ele iria servir em parte para faculdade e outra parte para escritórios e lojas!??

 Agora fala-se no grupo francês proprietário do ROYAL MONCEAU de Paris, que foi adquirido em 2007 e reformado com projeto do famoso PHILIPPE STARCK. Se der certo a negociação, o projeto do maior hotel de luxo do Brasil será também assinado por ele. Discutível ou não, eu concordo, afinal o prédio já está assim há muitos anos sem interesse algum por brasileiros que tem dinheiro para investir. A cultura Européia sempre foi de conservar os projetos antigos e eles saem ganhando de longe conseguindo manter o antigo e colocando o moderno junto.
  
Eu adoro São Paulo em certos dias, detesto em outros. Já tive várias vezes vontade de sair daqui. Será que podemos melhorar tudo isso e fazer de São Paulo uma cidade FELIZ, colorida, verde e que não ceda à especulação imobiliária?
Anúncios

6 comentários sobre “SÃO PAULO – CIDADE SEM HORIZONTE

  1. Rico:
    Vc apontou alguns problemas da nossa cidade.
    Há vários outros, infelizmente.
    Um apenas para ajudar na reflexão: moramos num
    país tropical, onde chuvas de verão são normais
    e até muito bem-vindas.
    No entanto, a impermeabilização da cidade e o desenvolvimento desordenado (entre algumas das causas) provocam enchentes (também previsíveis).
    O orçamento da municipalidade é composto de verbas anti-enchente.
    No entanto, o sr prefeito nos últimos dois anos não gasta as tais das verbas anti-enchente. Isso não é um absurdo?
    O q ele anda fazendo (já que desaparece em dia de chuva e enchente)? Está à procura de novo partido político para se candidatar a novo cargo público!
    Concordo com vc, que disse do comodismo do brasileiro.
    Mas dá para ter alguma atitude com esse tipo de governante que
    possuímos?
    bjs
    Maurício

    • Pois é…a cidade é grande e os problemas maiores. Os políticos só se preocupam com a vida política deles e o quanto podem se garantir para o resto da vida… triste, dizem que esta melhorando mas enquanto houver impunidade em todos os aspectos saimos perdendo. Vamos criar um partido??

  2. Oi Rico,

    Sabes, concordo contigo. Sampa é incrível e tem dias que é mesmo odiável! Amo Sampa e quando vim morar em Curitiba logo pensei que estava precisando mesmo de um tempo desta cidade “enlouquecida”. Sampa é embriagante! Apaixonante! E depende completamente da população pra sobreviver, não podemos esperar das autoridades o que pode ser feito por nós, agir com cidadania. E ultimamente não conseguia enxergar isto nas pessoas, faltava gentileza e generosidade e não percebia nenhuma preocupação com o próximo, o que valia e chegar primeiro, claro que não posso generalizar pois conheço centenas de pessoas que pensam diferente, mas não são a maioria. Lamentável porque pra mim, esta cidade tão incrível merece pessoas incríveis.
    E sabes pra quem não tá em sampa como eu, só sobram notícias tristes, como enchentes tragédias e outras coisinhas. Ainda bem que tenho contatos com Paulistanos apaixonados que alimentam meu amor por esta cidade simplesmente completa e sem igual.
    É isso aí queridão, desejo de coração uma Sampa Feliz pra todos!
    Beijão e super parabéns pela matéria.

    • Dri, sempre bons seus comentários. É, o brasileiro é conformista mas também é otimista, sempre acreditamos que vai melhorar. Mas está na hora de levar mais a sério e cobrar dos políticos um planejamento inclusive urbanistico. Não adianta correr atrás dos estragos somente. Este ano prometo ir a Curitiba!! Bjão

  3. Um dia no metro de São Paulo vi uma cena muito legal. Ao mesmo tempo duas pessoas se levantaram para oferecer seu banco a uma senhora. Esta mulher abriu um sorriso e disse que há mais de dez anos vem para esta cidade e sempre se surpreende com a educação do paulistano. Com certeza, naquele momento, as pessoas deste vagão sorriram e um clima de paz se espalhou no ar. Acho que é isso que podemos fazer por nós e pela cidade. Fazer o bem, ajudar, dar um sorriso e agradecer. São atitudes que não custam nada e parecem simples, mas tornam esta cidade mais humana. Quem sabe esta energia se espalhe e espante os políticos corruptos, os empresários inescrupulosos e todo o mal.

    Beijos Rico

    To adorando seu blog!

  4. Hahaha, adoro, vc é tão poético e otimista! Sua lente filmou um momento de sensibilidade que existe em todos nós mas que fica escondida embaixo de tanto medo, desconfiança, estresse…podemos tentar influenciar positivamente as pessoas que estão a nossa volta sim, isso é o que todos deveriam fazer mas normalmente estamos bastante ocupados com nosso dia-a-dia que deixamos isso de lado. Mas vale ficar atento e cada vez que tiver a chance fazer algo! Obrigado 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s