CASAR, NÃO CASAR…DIREITOS E OBRIGAÇÕES

Hoje em dia já quase não se fala mais em casamento por obrigação, existe claro mas no mundo dito civilizado isso é abstraído e ignorado. Mas por que tanta gente quer se casar? Por que tanta gente se separa? Gays devem ou não se casar? Vamos então consultar o nosso tarot do dia para obter essas e outras respostas!
 
As pessoas, antes de se casar, deveriam estar mais maduras e preparadas. Na verdade só aconselharia o casamento para quem conhece e gosta do siginificado da palavra dividir. Numa vida a dois tem que haver espaço para concessões de ambas as partes, companheirismo, cumplicidade, vontade, paciência, saber enfrentar crises, brigas, baixa de tesão…é um pacotão que muita gente não se liga. Se vc não entende a fundo o que são essas coisas… esqueça e nem se case, pegue o dinheiro do casamento e faça como a garota do Mamma Mia…deixe o casamento para os que tem certeza!
 
O sentido do casamento não é mais ficar grudado para o resto da vida como Tico e Teco e sim buscar uma convivência boa para os dois, tem que ser visto como uma soma, pode e deve ser menos fantasioso. Todo mundo quer um conto de Cinderela mas a realidade é dura e vai testar as duas pessoas por muitas e muitas vezes. Deve-se haver um equilíbrio entre as vontades dos dois. Já estive nas 2 pontas e sei que isso não faz bem a nenhuma relaçao. Respeitar o espaço um do outro é legal também, até iria mais longe nessa parte, se for possível, cada um ter um quarto para sua própria bagunça, com seu guarda-roupas e seu banheiro! E até para ler, refletir e ver seu programa favorito de vez em quando! Isso pouparia muitos casamentos. 
 
Mas o modelo de família já mudou muito nas ultimas décadas e vai continuar mudando. Casamento é apenas uma opção pois (quase) ninguém mais precisa se casar para ficar junto. No mundo já se tem famílias com 2 pais ou 2 mães. Certo? Errado? Certo mesmo seria todos terem os mesmos direitos perante a Lei. Aqui no Brasil ainda briga-se por isso, pela união civil dos IGUAIS (Casamento em Igreja é um assunto separado). Existe muita hipocrisia e politicagem em torno do assunto…o mundo seria bem melhor se fossem respeitadas as escolhas de cada um, afinal a orientaçao sexual é um detalhe e não define o caráter de uma pessoa. DEUS tem a ver com isso? Eu não tenho essa resposta dentro de mim, vc tem?… Cedo ou tarde, quando sairmos desse mundo iremos saber! Mas tenho certeza que se existir um inferno, ninguém vai para lá por causa disso, é muito mais provável encontrar lá os hipócritas que fazem mal, atormentam e iludem os seus semelhantes. Quem pode explicar melhor isso é a Irmã Dilma (como diz um amigo meu, rs) que abandonou o que dizia ser certo (no caso o apoio a união civil entre iguais) em troca dos votos evangélicos e para surpresa geral até chegou a citar trechos da Bíblia em sua tentativa de um discurso comovente. Nota ZERO para os 2 lados! A única  coisa que falta agora para alavancar sua campanha é ela gravar um cd com músicas religiosas! (brincadeirinha! rs).
Política e religião não deveriam misturar-se!…E quero ser claro que esse fato eu acharia lamentével da mesma forma se tivesse vindo de outro candidato, aqui não estou discutindo política, mas defendendo que direitos iguais devem ser assegurados por aqueles que dirigem um país, devem ser assegurados pela sociedade. Casamento ou união devem ser vistos como uma opção para todos e nunca uma obrigação, como é para alguns.
 
Bom, tá sol e um ótimo dia para paquerar….já to indo então!
 
Anúncios

6 comentários sobre “CASAR, NÃO CASAR…DIREITOS E OBRIGAÇÕES

  1. Rico:
    A discussão sobre casamento é longa.
    Mas casar, no dicionário, não tem o significado que
    Igrejas apregoam por aí.
    Casar está ligado ao amor, aos interesses de duas pessoas, sejam elas
    um homem e uma mulher, um homem e outro homem, uma mulher e outra mulher.
    Esse é o princípio que nossos hermanos argentinhos conquistaram
    recentemente: casar, adotar crianças, direitos à herança,
    à declaração conjunta de rendas, seguridade social, etc.
    DIREITOS IGUAIS é uma luta que todos precisamos defender.
    Quero ver se algum conservador ou hipócrita tem coragem de
    se colocar contra a IGUALDADE!
    bjs

  2. Ainda faltam algumas coisas para eu me casar, (como por exemplo o noivo), mas vc já está convidado pra falar… já vai fazendo um curso de Clerigo a distância……huahuahauhauhuahuahuahau…

  3. Casamento….. pra mim não existe bula a ser seguida para que um casamento dê certo, apenas 4 sentimentos: amor, respeito, companheirismo e cumplicidade. Acho que até já havia dito isso aqui qdo uma vez vc postou alguma coisa falando de relacionamentos.
    Pra mim essas são as quatro coisas essenciais para que qualquer tipo de relacionamento vá a frente de uma maneira que não sufoque ou se perca o respeito de ambas as partes. E isso vale pra qualquer tipo de casamento ou relacionamento, seja ele hétero, gay…. não importa, são todos iguais.
    Quanto ao casamento em igrejas, templos, sinagogas…. não passam apenas de eventos nos quais os noivos e parentes darão a tão falada “satisfação a sociedade”. Casamento é muito mais do que isso, pena que nem todos vêm assim.
    DILMA?????? ah isso é pura piada e os trouxas somos nós….. tão tirando sarro na maior cara dura!

  4. Rico,
    parabéns pelo texto. Fluiu agradavelmente e com conteúdo.
    Para aqueles que já estiveram na situação de casados, é muito verdadeiro o que você consegue mencionar, mas discordo de você em um ponto: Na minha opinião, casamento não é soma… é pura divisão… na saúde e na doença!
    E que ele seja eterno… enquanto DURE!
    AA

  5. Rico,

    lindas palavras. Perfeito ponto de vista. Concordo plenamente!
    E no ritmo que estão indo as eleições é melhor focar no amor, respeito, companheirismo e cumplicidade. Com estes sentimentos teremos um melhor futuro independente de casados ou não. Amor ao próximo e gentileza vale em qualquer estado civil.
    Te adooro amigo.
    bjos
    dri

  6. Rico,
    sábias palavras amigo. A atitude de casar hoje em dia requer muito mais do que um simples, “vamos juntar para ver no que dá”, porque se vc não tiver plena certeza de que está com a pessoa que vc quer viver, não adianta nem arriscar, porque se vc machuca a pessoa com que vc está, vc poderá estar se prejudicando também.
    Mas agora pensando aqui em relação ao mundo gay, casamento é uma coisa muito rara, não?
    Será que porque a figura do gay hoje em dia na nossa sociedade não seja de muito respeito e por isso a lei da união civil para pessoas do mesmo sexo não tenha saído do papel ainda?
    Um grande abraço
    Eurico

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s