COMPANHEIRISMO

 Esta semana estive meio sem inspiração para escrever alguma coisa aqui. Por coincidência um amigo me mandou um texto falando sobre COMPANHEIRISMO x INDIVIDUALISMO que achei muito bacana, uma reflexão madura sobre o que vem acontecendo nas relações. Meu amigo me mandou num momento de dor que me fez pensar muito. Segue parte do texto de Débora Salum:

 Companheirismo é saber que pode contar com a outra pessoa e ela com você. Sempre. Como se fosse natural e sem ser forçado. Somente quando as pessoas se conhecem e se respeitam, é que elas sabem valorizar os pequenos gestos que demonstram que ser companheiro é fazer parte do dia-a-dia e que no final o resultado é bom para todos… Mas o companheirismo esta cada vez mais escasso na lista de qualidades de uma pessoa. Hoje em dia o individualismo predomina a lista das deformações de um ser humano. Creio que muita gente ‘desaprendeu’ estar com alguém e realmente dividir a vida com essa pessoa. Hoje em dia a busca pela independência é tao compulsiva que isso só acaba por mascarar o medo da solidão. Quem não o tem, nao é? O individualista não assume isso, mas é o que mais teme! Ser companheiro é estar disponível sem se anular e, entre um e outro ponto, existe uma linha tenue…CUIDADO!

Conviver com alguém que amamos é o mesmo que comprar um imenso espelho da alma, no qual, cada um de nossos movimentos é mostrado, sem a mínima piedade. E, é aí que começa o inferninho… Ao invés de encarar a verdade e de ver a imagem temida do verdadeiro “eu”, tenta-se quebrar o “espelho”. Como? Fugindo da intimidade, culpando o outro, e desacreditando o amor…SENDO INDIVIDUALISTA!
Com isso algumas pessoas preferem a individualidade, é mais seguro e foge do genuíno companheirismo.

Quando será que vamos aprender que o amor nao precisa ver tudo belo para se manter…?

Anúncios

4 comentários sobre “COMPANHEIRISMO

  1. Rico:
    O texto que seu amigo lhe enviou (da Débora Salum) sobre individualismo e companheirismo é interessante. Gostaria de acrescentar um aspecto a respeito do “desaprender de estar com o outro”. Com tanta tecnologia e meios virtuais de comunicação —(celular e torpedo, e-mail, os sites de relacionamento, twiter, e as velhas máquinas do século passado (telefone fixo, fax e secretária eletrônica) — as pessoas realmente não sabem mais lidar com o outro, em situações do cara a cara, estar olho no olho. Nestas situações, muitas vezes, as pessoas ficam constrangidas, distantes e até frias.
    Uma pena: ao invés da tecnologia aproximar as pessoas, ela está ajudando a afastá-las e propiciando que cada vez mais que as pessoas fiquem em seus mundinhos, isoladas e, por consequência, SÓS !
    Um beijo grande e quero trocar experiências com vc: estou em processo de construção de um blog e preciso de seu depoimento como blogueiro.
    até mais
    bjs
    Maurício

    • Sim Mau! Acho que a tendência do mundo é essa… SOLIDÃO…as pessoas tem medo de dividir ou acham que não podem abrir uma fresta na sua individualidade…isso é papo de bar! rs…quanto ao seu blog estou a disposição! È só marcar!

  2. Rico, foi ótimo reencontrá-lo na pizza do Sérgio.
    Quanto aos companheirismo x individualismo, penso que não há porque temer dividir a vida com alguém. Quando me aprofundo nas relações é como fazer um mergulho pra dentro de mim mesmo. Eu sempre mergulhei, algumas vezes errei e quase me afoguei, muitas outras acertei e foi como passear no fundo do mar, cheio de peixes coloridos, corais, algas e tudo por descobrir.
    Não me deixo levar pela “facilidade” de ficar só e sempre busquei as “dificuldades” das relações intensas e verdadeiras. É viver.
    Gostaria de vê-lo novamente.
    Vamos nos encontrar?
    Abraço.
    Peron.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s